quinta-feira, 25 de março de 2010

NUNCA DESANIMAR

"E Ele disse: Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou, vai em paz."-Lucas, 8:48.

Nunca é tarde pira mudarmos o rumo de nossa vida e recomeçarmos.
Qualquer que seja a extensão do sofrimento ou das dificuldades, a solução chegará.
Nos dias sombrios que marcam nossa existência, experimentamos emoções de revolta. medo e insegurança, dando-nos a impressão de que o nosso problema não terá fim. É este o momento de movimentarmos a fé.
Mas, o que é fé'' A resposta pode ser encontrada no livro O CONSOLADOR, do sábio benfeitor Emmanuel, na questão 354: "Ter fé é guardar no coração a luminosa certeza em Deus certeza que ultrapassou o âmbito da crença religiosa, fazendo o coração repousar nunca energia constante de realização divina da personalidade. Conseguir a fé é alcançar a possibilidade de não mais dizer: "eu creio", mas afirmar: "eu sei" com todos os valores da razão tocados pela luz do sentimento.”
Entendemos, então, que fé é a movimentação das forças internas, daquelas possibilidades que todos trazemos direcionando-as para o alvo pretendido. Quando o Cristo nos falou “vós sois deuses" afirmou o nosso potencial para alcançar um estado de felicidade.
A Doutrina Espírita, através da fé raciocinada, oferece-nos condições de compreender a razão dos sofrimentos. Embasados nos porquês e finalidades da vida, fortalecemo-nos. Através do entendimento, retiramos de nós mesmos (pela reflexão, vontade, esforço e confiança em Deus) os meios de transpor as dificuldades.
Razão e sentimento - diz Emmanuel - e isto significa analisar o problema, enfrentar a situação, buscar soluções que a razão aponta, usando o sentimento para amenizar os acontecimentos. A maior quota de resoluções está conosco, no entanto, a presença de um amigo, um confidente sincero e leal sempre nos ajuda a raciocinar melhor, e esta afetividade é fundamental.
A fé, corno podemos observar, é uma conquista alcançada através do exercício, do esforço empreendido ao depararmos corri situações difíceis. "A tua fé te salvou", leciona Jesus. Pensemos nisso, ouçamos o Mestre. A fé é operosa, dinâmica, basta-nos impulsiona-la.
Emmanuel, ao encerrar a questão 354, diz: "Traduzindo a certeza na assistência de Deus, a fé exprime a confiança que sabe enfrentar as lutas e problemas..." Fé é saber que o nosso amanhã será a vitória, que os problemas são desafios e que o nosso crescimento espiritual está em vence-los. Desanimar, nunca!

O Médium – Ano 66 – nº 596 – 07 e 08/97

Nenhum comentário:

Postar um comentário